Saiba como melhorar a gestão de talentos da sua empresa e alcançar os resultados que deseja!

Se você pensa que o termo gestão de talentos é só mais um sem importância e que podem ser descartados do dia a dia, saiba que está completamente enganados.

A gestão de talentos é um desafio do RH de pensar “fora da caixa” na hora de encontrar profissionais mais qualificados e talentosos no mercado de trabalho.

É um termo que deve constar, diariamente, em seu vocabulário. É dever das grandes empresas treinar, incentivar e “reter” os colaboradores com o melhor desempenho. Se você encontrar o funcionário perfeito, vai querer perdê-lo? Claro que a resposta será negativa, não é mesmo?

Neste conteúdo você aprenderá:

  • O que é gestão de talentos?
  • Como fazer uma boa gestão de talentos
  • Desenvolva um plano de carreira para as equipes
  • Como reconhecer o seu funcionário
  • A melhor forma de incentivar os estudos dos funcionários
  • A busca por um clima organizacional positivo
  • Dicas para proporcionar momentos de descontração

O que é gestão de talentos?

A gestão de talentos tem como objetivo oferecer o desenvolvimento das habilidades que os colaboradores exercem na empresa, buscando incentivar o desenvolvimento pessoal de cada um deles.

Assim, futuramente, poderão liderar uma equipe ou quem sabe até mesmo um departamento dentro da instituição.

Como fazer uma boa gestão de talentos?

O método de gestão de talentos vem se tornando uma das práticas mais usadas pelo RH (Recursos Humanos), pois é essencial para quem busca um retorno positivo e rápido dos membros da equipe.

Se você está em dúvida de como fazer uma boa gestão de talentos na sua empresa e está em busca de soluções para que seus funcionários cresçam no ambiente corporativo, continue, aqui conosco, que o conteúdo de hoje traz cinco dicas de como fazer uma boa gestão de talentos na organização.

1. Desenvolva um plano de carreira para as equipes

O plano de carreira é um dos grandes fatores que consegue motivar a equipe e os colaboradores da empresa.

É imprescindível que cada colaborador tenha em mente até onde querem chegar na instituição. O plano de carreira precisa indicar que passos ele precisa seguir e dar para conseguir se destacar no ambiente corporativo.

É importante que a empresa seja verdadeira e transparente com o profissional, deixando claro as razões pelas quais ele será  promovido. Vale citar que ela é adepta ao crescimento por meritocracia e o que lhe fará perder pontos com e dentro da instituição. Se for o caso, apresente a cartilha de normas da empresa. Assim, não corre o risco de ter conflitos internos no futuro.

2. Reconheça seu funcionário

Todos os colaboradores dedicam-se cotidianamente para o sucesso da empresa e esperam ser reconhecidos pelas atividades exercidas. Por mais que os trabalhos estejam pipocando na companhia, separe um tempinho para dar um feedback ao seu colaborador.

Mas, lembre-se não vale falar somente afirmações positivas. Se tiver, fale das coisas negativas também. Afinal, todos têm algo que precisa ser melhorado e também exaltado. Falar sobre isso auxilia no desenvolvimento do colaborador dentro da empresa.

3. Incentive seus colaboradores a estudarem

A oportunidade de continuar sempre aprendendo faz com que o colaborador tenha um vínculo mais forte e sincero com a organização. Se a sua empresa incentivar e ajudá-lo a crescer dando-lhe bolsas ou até mesmo descontos em cursos de idiomas, seu funcionário, com certeza, irá se empenhar cada vez mais no dia a dia.

Através da educação continuada, os funcionários podem ter mais recursos e conhecimentos para lidar com as tarefas na empresa. Isso faz com que gere bons resultados tanto para o empregado quanto para o empregador.

4. Busque manter um clima organizacional positivo

Uma das críticas mais constantes quanto ao ambiente de trabalho pelo funcionário, é o clima “tenso”. É essencial que a empresa tente manter o clima na empresa em alto astral para que os funcionários tenham mais ânimo e mantenham uma rotina com maior produtividade na empresa.

5. Proporcione momentos de interação

Trabalhar é legal, mas ter momentos leves no dia de trabalho dá um gás a mais na vida, não é mesmo? Reúna todos os trabalhadores da empresa e promova pelo menos uma vez por mês um happy hour. Pode ser fora ou dentro da empresa, isso fica a critério da companhia.

Esses encontros com toda a equipe fazem com que a empresa possa conhecer o funcionário como pessoa e não somente como empregado. Além disso, permite que todos os funcionários da empresa possam formar vínculos e fortalecer laços no ambiente corporativo.

Não promova esses encontros apenas em festas de final de ano. Sabe por quê? Caso um funcionário peça desligamento da empresa, você, gestor ou RH, terá perdido uma grande oportunidade de conhecer melhor as pessoas com quem convive diariamente. E, claro, isso poderia ter mudado a opinião do colaborador sobre a empresa.

Agora que você já aprendeu o que é e como fazer uma boa gestão de talentos. Baixe o nosso conteúdo completo sobre como selecionar, reter e treinar colaboradores.

ebook-contratacao

Leia também nosso conteúdo sobre a diferença entre reter e desenvolver funcionários. Mas lembre-se de que não basta apenas ler, é necessário colocar em prática todos os dias para que a  empresa continue crescendo.

Ana Carolina Dias
  • 18 Posts
  • 0 Comments
Ana Carolina Dias é jornalista, adora ler e ama estudar espanhol. Sempre que pode visita sua cidade natal no interior de Minas Gerais para passar um tempo com os pais e avôs.