4 maneiras infalíveis de superar crises empresariais

Em momentos de instabilidade política e econômica, é comum sentir insegurança e preocupação com o futuro da empresa. No entanto, o empresário pessimista deve tomar cuidado para não transmitir esse sentimento para toda a sua equipe. Esse é apenas um dos detalhes que podem ser melhorados na empresa quando passa por esses momentos de instabilidade. Além dele, reunimos 4 maneiras de entender melhor como sair da crise empresariai com o objetivo de fortalecer o seu negócio.

O fato é que as crises empresariais sempre existiram e sempre existirão. São momentos como esses que permitem o saneamento do mercado. Já que essas crises tendem a acabar com as empresas que possuem baixa capacidade de adaptação e a manter as organizações mais inovadoras.

O que você aprenderá neste conteúdo sobre como sair da crise:

  • Deixe de lado a postura reativa
  • Invista em pessoas através de treinamentos
  • Construção de um plano estratégico
  • Inove nas possibilidades e teste sempre

1. Dispense a postura reativa

Não perca tempo lamentando as consequências da crise, tampouco procure culpados (como o governo, o presidente ou a economia) para os cortes de verbas na sua empresa. Isso não vai adiantar para resolver o seu problema.

O ideal é adotar uma postura proativa e assumir o controle da situação, sem tomar a posição de “vítima”. De que importa se você não tem culpa do que está acontecendo? O foco não deve estar nas situações que você não pode controlar, e sim na responsabilidade em tomar medidas para superar os momentos difíceis.

Você pode não ser capaz de administrar todo país para impedir o avanço da crise sozinho, mas com certeza pode se perguntar quais soluções estão ao seu alcance, ou como pode contribuir objetivamente para uma organização mais produtiva. Essa postura te ajuda a se manter mais motivado, e ainda é capaz de passar confiança para seus colegas.

2. Invista em pessoas, não em empréstimos

A demissão costuma ser bastante cogitada por aqueles empresários que não sabem muito bem como sair de uma crise, mas a verdade é que esse é o tipo de situação mais adequada para investir o máximo possível na profissionalização de pessoal, e não no seu desligamento.

É verdade que todo mundo precisa cortar despesas em momentos de dificuldades, mas enxergar o funcionário como um “gasto” é uma ideia equivocada quando ele pode ser sinônimo de mais eficiência para os serviços prestados em prol da empresa.

Por isso é preciso explorar mais as competências da organização por meio das habilidades de sua equipe. Invista e motive seus talentos, estimule sua criatividade ao recompensar boas ideias e amplie os conhecimentos de seus funcionários. E, por fim, não economize em tecnologia e treinamento de pessoas.

Os resultados desses processos serão percebidos nas propostas de mudanças, revisão de processos e enfrentamento de dificuldades por parte dos próprios membros da empresa, que estarão ainda mais competentes e capacitados para gerenciar o seu capital de giro.

Diante dessa realidade, será possível evitar os bancos sempre que possível. Seja para empréstimos e concessões de crédito, seja para descontos de duplicatas.

3. Construa um plano de ações

Como sair da crise não é um processo que acontece da noite para o dia, é preciso pensar na antecipação de possíveis problemas até mesmo quando a instabilidade da economia ainda não chegou a afetar suas vendas.

Se sua empresa não tiver um plano para colocar em prática nos casos de emergência, aproveite para estudar melhor o seu modelo de negócio e implementar uma política proativa, que possa evitar o caos e a desorganização causados por problemas futuros.

Para isso, tenha em mente que todo plano começa com propósitos claros, que visam a proteção de qualquer indivíduo (empregado ou público) que possa acabar prejudicado pela crise. Este plano escrito deve incluir ações específicas que serão tomadas para o alcance desses objetivos.

4. Saia da mesmice

Não dá pra fazer sempre as mesmas coisas esperar que os resultados sejam diferentes. Por isso, é preciso aprender a diferenciar seu produto ou serviço para se destacar da concorrência.

Nesse cenário, é importante que sua equipe tenha paixão por desafios, já que terá que “pensar fora da caixa” para inovar, criar abordagens únicas, reter clientes e enxergar mais oportunidades direcionadas ao seu negócio. Vale até começar a fazer vídeos que podem tanto ser direcionados para o marketing externo e ao endomarketing. Existem diversos formatos de vídeos que podem ser inseridos nessa estratégia de conteúdo também.

Sendo assim, procure ficar de olho no que os principais nomes sua área estão fazendo. Assim, você descobrirá como entregar sempre um pouco mais do que o cliente espera. Ouvir podcasts corporativos pode ser uma ótima maneira de fazer isso.

Mas, claro, não tenha medo de explorar o que ninguém ainda não tentou. O mercado muda o tempo todo, e assim também deve ser a sua perspectiva profissional.

Agora que você já sabe como sair da crise, não deixe que o cenário econômico atual te desanime. A recessão certamente passará. Enquanto isso não acontece, procure conselhos de experts que compõem o seu time. Procure pelos líderes, empregados, clientes e profissionais de comunicação. Cada uma dessas pessoas é capaz de te proporcionar diversos insights. Eles podem ser vitais para a superação da sua empresa.

Viu como é possível pensar em crescimento junto com como sair da crise? Se você se interessou, o Aio tem uma dica para você inovar com o treinamento de funcionários e clientes por meio do Youtube Corporativo! Ficou curioso? Então, não deixe de ler!

fale com um consultor aio

Bianca Lopes
  • 19 Posts
  • 0 Comments
Bianca Lopes é jornalista, publicitária, redatora, faixa preta em lutinha de polegares, ensimesmada e desafiadora compulsiva do bom senso. Gosta de criar, limpar, imaginar, inspirar, listar vários adjetivos seguidos em qualquer tipo de texto e nunca enxergar em uma pedra apenas uma pedra.